É seguro abrir conta digital? Veja dicas de como começar

Os bancos digitais estão em grande evidência nesses tempos em que as pessoas querem o máximo de comodidade e liberdade para suas rotinas, incluindo as operações bancárias.

O modelo tradicional de banco, por mais que tenha se modernizado nas últimas décadas – e realmente é um dos setores que mais investiu em tecnologias para atender melhor e reduzir custos – ainda exige de presença física e de relacionamento.

Mas o que é um banco digital?

Os bancos digitais vêm com uma proposta de:

  • Relação entre banco e cliente totalmente pela internet – site, redes sociais, aplicativos, chat;
  • Não existe agência física;
  • Existe um atendimento presencial, telefônico ou e-mail que pode ser usado em casos muito especiais, já que todas as operações podem ser feitas pelos canais digitais.

E quais as vantagens dos bancos digitais?

  • O custo de estrutural, pessoal e operacional é muito reduzido, e desta forma o banco cobra tarifas muito menores de pacote de conta ou operações avulsas. Alguns bancos não cobram tarifa alguma;
  • O cliente tem total independência para realizar as suas operações, incluindo os investimentos que o banco disponibiliza;
  • Todos os movimentos podem ser feitos online, o que reduz muito o tempo do cliente em agência.
  • Acesso digital completo à conta, incluindo módulos que os bancos tradicionais concentram no atendimento de um gerente para uma série de decisões e movimentos – é o caso dos investimentos;

E sobre algumas desconfianças com os bancos digitais?

Muitas pessoas ainda têm reservas com os bancos digitais, o que é perfeitamente natural, afinal é um modelo onde não há uma agência e um gerente para atendimento nela.

Tudo é virtual e isso ainda incomoda as pessoas. Os pontos negativos que são levantados, portanto, têm mais fundo na visão conservadora sobre os bancos do que um risco real.

E os pontos positivos superam muito as desconfianças. Você também pode adquirir mais conhecimentos sobre os bancos digitais, clique aqui.

Transações com cheques

Muita gente lembra deles, mas há meses ou anos não preenche um cheque. O movimento de cheques no Brasil cai muito a cada ano e não faria sentido que ele seja um empecilho para usar um sistema com tantas vantagens.

Os cheques ainda são muito usados nos pequenos comércios e localidades, onde as pessoas têm pouco ou nenhum acesso online a banco, ou seja, não é o público foco de um banco digital.

Ainda assim, alguns bancos oferecem o deposito de cheque por aplicativo: você envia imagens digitais dele para o sistema de compensação de cheques do banco e aguarda pelo crédito. Ao confirmar, é só inutilizar o cheque físico.

Saques

Os bancos digitais são afiliados à rede 24 Horas de terminais, e sem cobrança adicional de saques. E esta rede está presente em todos os lugares – também é composta por bancos físicos.

Falta de um atendimento presencial

Esse é ainda um costume de muitos brasileiros – o contato físico, mesmo que isso represente longas esperas em filas para ser atendido, e muitas vezes não é pelo gerente.

A visão de que devemos ter relacionamento com o banco se apoia neste contato presencial, mas sabemos que isso caiu em desuso há bastante tempo; o relacionamento com o banco se faz por pontuações (scores) eletronicamente gerados e os gerentes atuam dentro dos limites impostos pelo sistema.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *