Viagens internacionais de moto: algumas dicas importantes

Agora que está perto de fechar o ano, chegou a hora de pensar em mais uma última aventura para preparar a entrada para o ano seguinte. Porém, entre o Natal, família e todas as prendas envolvidas, você pode pensar que não vai dar certo para viajar para fora nessa altura do ano. Não se preocupe, que tal fazer uma viagem internacional apenas com a sua mochila e moto? Nesse artigo, iremos dar 3 dicas a você para que possa partir para a aventura de forma segura e preparada.

1. Antes de viajar: Planejamento, planejamento, planejamento.

Antes de começar qualquer viagem e se lançar à estrada, sempre planeje tudo antes de ir. Você sabe qual o destino que você quer ir? Sabe se vai precisar de visto ou passaporte? Será que a sua moto precisa de manutenção ou reparos? Você tem uma mochila com condições para viajar? Vai precisar de comida e de equipamento? Tudo isso são questões que terão de ter resolvidas antes de viajar. Então, pense um pouco, faça uma lista e vá riscando todas estas questões uma a uma até chegar finalmente a hora de arrancar.

2. Durante a viagem: Segurança e saúde.

Antes de viajar certifique-se que tem cobertura do veículo e que este se encontra em condições para viajar. Veja no mapa e determine um limite de quilômetros diários, sempre contando com paradas. Tenha atenção e nunca se esqueça de fazer pausas para descansar e para se hidratar. Leve sempre uma boa mochila, como uma mochila camelback, de forma que possa carregar água para ir se hidratando constantemente. Também leve alguns alimentos e roupa extra. Quando fizer uma parada, estacione sempre em locais movimentados, e nos locais onde for parar comer, sempre deixe a moto num local visível para que você sempre consiga vê-la e não acabe sendo roubado.

É importante determinar uma quilometragem diária e conhecer bem onde vai realizar as paradas para reabastecer por causa do cálculo de combustível e para não ter percalços, mas também para saber quando parar. Não viaje se estiver se sentido cansado ou com sono. Respeite seu limite diário de quilômetros e viaje em segurança. Não queremos que esta seja sua última aventura. Viajar de moto para fora do Brasil é bastante comum e com sorte você conseguirá que alguns dos seus amigos se juntem a você. Com outros companheiros de viagem, não só essa pode ser uma experiência divertida, como também ser mais segura. Você terá sempre alguém para olhar por você e suas coisas e também uma boa companhia nos tempos mais parados.

3. Chegando ao destino: Localização e regras.

Se você está saindo do Brasil de moto não se esqueça de levar toda a documentação para entrar em outro país. Já pensou para onde ir? Como foi dito anteriormente, é bastante comum o desejo por cruzar fronteiras e parar em outros países. Destinos que vêm sendo escolhidos como prediletos do povo brasileiro são Salar do Uyuni na Bolívia, Ushuaia, mais conhecido como o “fim do mundo” na Argentina, o Deserto de San Pedro do Atacama no Chile ou Machu Pichu no Peru.

Certifique-se de levar a habilitação internacional para conduzir sua moto, pois não basta ter uma habilitação normal. Consoante o seu país de destino poderá ser também necessário o certificado internacional de vacinação, carta verde (exemplo: Paraguai e Argentina), soap (Peru) ou soapex (Chile) e claro seu passaporte e documentação da moto.

Certifique-se de que você também está segurado com um seguro internacional de viagem, pois acidentes ou avarias em viagens longas podem ser bastante difíceis de resolver e não tem nada pior que estragar uma boa aventura com um grande desastre.

Agora que você leu esse artigo, esperemos que se sinta motivado e preparado. Não esqueça dessas dicas, pois serão certamente úteis a você. Do que está esperando? O céu é o limite…

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *